Mediação de conflitos, inclusão social e linguagem jurídica

potencialidades e superações

Autores

  • Fernanda Tartuce
  • Luís Henrique Bortolai

Palavras-chave:

Mediação, Linguagem, Inclusão Social, Direitos Humanos

Resumo

O presente trabalho objetiva, sob a perspectiva dos direitos humanos, destacar a relevante inclusão social que pode ser alcançada com a utilização de meios eficientes de acesso à justiça. Superar problemas ligados à comunicação é fundamental para a construção de respostas conjuntas pelas partes, sendo a mediação um mecanismo eficiente para facilitar o diálogo entre pessoas em conflito. A atuação do mediador favorece falas simplificadas e, com o uso da técnica de escuta ativa, contribui para o enfrentamento de problemas ligados à tradicional linguagem jurídica. A utilização de uma linguagem acessível a todos é característica da mediação e colabora para superar incompreensões técnicas, possibilitando a participação ativa de todos na resolução de disputas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Tartuce

 PhD and Master of Procedural Law at the University of São Paulo, Brazil. Mediator.

Luís Henrique Bortolai

Masters and Doctorate in Law at the Autonomous Law School of São Paulo (FADISP), Brazil. Specialist in Tax Law from the Catholic University of Campinas.

Downloads

Publicado

2015-08-10

Como Citar

TARTUCE, F.; BORTOLAI, L. H. Mediação de conflitos, inclusão social e linguagem jurídica: potencialidades e superações. Civil Procedure Review, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 107–129, 2015. Disponível em: https://civilprocedurereview.com/revista/article/view/98. Acesso em: 29 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos